1

Dicas e cuidados na conservação dos vinhos

O vinho mesmo depois de engarrafado tem como particularidade mudar sua cor, aroma e sabor! E aí é que entram algumas condições de armazenamento!
Desde a sua saída da cave até a chegada a mesa, o produto passa por alguns pontos de armazenamento como: container, importador, distribuidor, loja, até chegar a sua casa. Independentemente do valor do vinho, todos merecem alguns cuidados para manter a boa forma e longevidade.
E você pode cuidar do seu ponto de guarda: desde a compra na loja, passando por sua adega até o consumo. Fica aqui a dica para você procurar conhecer melhor as condições de armazenagem do seu fornecedor de vinho.
Então, vamos listar alguns cuidados básicos que você pode tomar:
Transporte:

Armazenamento:
Não estresse o seu vinho!  “O vinho não suporta luz, vibrações e ruídos!” Esta é uma frase comum entre os produtores, quando visitamos uma cave com centenas de vinhos descansando e esperando o momento ideal para sair dali. Mas essa regra vale também para os vinhos que estão sendo mantidos na sua casa!
As condições idéias de armazenamento são: a temperatura da guarda deve estar em torno de 13º C um pouco de umidade é bom para manter a vedação da rolha; evite oscilações de temperatura; procure armazenar em local com temperatura constante, ou seja, o mais quieto possível, sem ruídos ou vibrações; garrafa sempre na posição horizontal ou inclinada, para o líquido tocar a rolha.
Se quiser, podem utilizar ás novas tecnologias disponíveis! Isso deverá ajudá-lo a armazenar suas garrafas. Com uma adega climatizada ou geladeira própria para vinhos (cave), seu problema já está quase resolvido. Somente tome o cuidado na escolha do local para instalar a cave, o lugar deve ser protegido da luz, sem ruídos e vibrações!
Não tem tecnologia, não se desespere! O importante é escolher um local mais próximo das condições ideais. Procure um local de pouco acesso (por exemplo, a dispensa na cozinha), com baixissima incidência de sol na parede externa, onde você possa manter as portas e janelas fechadas, inclusive o vidro. Mantenha as garrafas o mais próximo do chão e a luz apagada.
Não tem adega ou um local adequado então consuma rapidamente o vinho. Sua geladeira pode ser um entreposto rápido. Os vinhos brancos podem ser guardados por até 02 dias lá. Os tintos somente uma rápida passada.
Após aberto
Vinhos podem evoluir até 12 horas depois de ser aberto, durante esse período o vinho poderá perder algumas características. Portanto, aqui vão algumas dicas para se evitar uma perda maior:
·         Se for consumir no dia seguinte, coloque a rolha de novo e mantenha o produto inclinado na geladeira.

Caso demore mais alguns dias para consumir o vinho, vale à pena utilizar uma bomba para retirar o ar de dentro da garrafa, sendo assim, você vai criar um vácuo na garrafa, em seguida retire o ar e junto aos aromas do vinho ainda fresco, você com certeza deverá perder aromas. Mas pelo menos vai prolongar a vida útil do vinho!


Vinho não gosta de passeios longos no porta malas do seu carro. Não passe o dia passeando com o vinho no carro, principalmente em dias quentes. Transportar o vinho de forma inadequada, como calor e vibração, pode mudar suas características. Cuidado, pois conforme cresce a qualidade do vinho o preço cresce junto! Vale lembrar que qualquer perda de característica se reverte em prejuízo!


Mala para transportar vinhos

1 comentários :

Daniel Brilho disse...

Olá! Parabéns pelo post, bem instrutivo!
Mas fica a dúvida: comprei vinhos, guardei na adega climatizada; ai depois de uns meses vou viajar e levar algumas garrafas... qual o impacto de tirar estas garrafas da adega e levá-las para um local não climatizado, por uns dias (imaginando por exemplo que vou para a casa de parentes que não possuem adega, e o consumo se dará em alguns dias)? Seria melhor então deixar algumas garrafas fora da adega, desde o início?
Obrigado!

Postar um comentário

Muito obrigada!